CURSO DE INSPETOR DE SOLDA: QUEM PODE FAZER, ONDE FAZER E QUANTO CUSTA? E MUITO MAIS….

Quer saber quem pode fazer curso de inspetor de solda? Onde fazer curso de inspetor de solda? E quanto custa curso de inspetor de solda? Então leia este artigo e fique por dentro de tudo isso e muito mais….

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Curso de Inspetor de Solda

Você já sabe onde fazer o curso de inspetor de solda?

Caso não saiba, veja nosso artigo e escolha o melhor curso para você.

Agora, se você já sabe, muito cuidado com sua escolha!

Como assim muito cuidado com minha escolha?

Exatamente muito cuidado, por exemplo: Você conhece o conteúdo do curso? Seus professores têm experiência, material didático e ferramentas adequadas para ministrar o curso? E o principal: sua escola é reconhecida pela FBTS?

Caso não saiba responder a essas perguntas, você pode estar sendo enganado!

Continue lendo este artigo e você saberá responder a essas e a outras perguntas como as relacionadas abaixo:

  • Quem pode fazer o curso de inspetor de solda?
    ir
  • Onde fazer o curso de inspetor de solda? 
    ir
  • Quanto custa o curso de inspetor de solda?
    ir
  • Quem NÃO precisa fazer o curso de formação? 
    ir
  • Quais são as provas para inspetor de soldagem nível 1? 
    ir
  • Quais são as provas para inspetor de soldagem nível 2? 
    ir
  • Fiz minhas provas e fui reprovado. E agora? 
    ir
  • Onde posso fazer a prova de inspetor de solda? 
    ir

ATENÇÃO!!!

Quero deixar claro que eu não tenho NENHUM patrocínio de NENHUMA escola para indicação, logo, o objetivo aqui é somente fornecer uma orientação imparcial aos interessados em realizar o curso de inspetor de soldagem.

Dito isso, desejo a você uma boa leitura e caso tenha alguma dúvida é só publicar lá embaixo nos comentários.

QUEM PODE FAZER O CURSO DE INSPETOR DE SOLDA?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Quem Pode Fazer o Curso de Inspetor de Solda

A norma de qualificação e certificação de inspetores de soldagem NBR-14842 não estabelece quais são os requisitos para quem quer fazer os cursos de inspetor de soldagem.

A FBTS também não estabelece em seu manual, o guia do candidato, que você pode conferir aqui, pré-requisitos para quem vai fazer o curso de inspetor de soldagem, seja para quem almeja nível 1 seja para quem visa nível 2.

Então, o que acontece é que o estabelecimento ou não de pré-requisitos para os alunos interessados na realização de curso de inspetor de soldagem fica a critério das escolas.

E qual é o problema?

O problema é simples. Muitas vezes, as salas de aula ficam compostas por diferentes níveis de profissionais.

Sei que este assunto gera muita discussão, por isso, para polemizar o mínimo possível, podemos dizer que o principal problema é que, querendo ou não, esse desnivelamento prejudica o andamento, interação e aproveitamento do curso.

Seja o menos capacitado que não consegue acompanhar, seja outro que está avançado e perde o interesse pelo curso.

Curso de formação para nível 1

Ao contrário do processo de certificação, que traz uma série de requisitos para ser um inspetor de solda nível 1, quem tem interesse em fazer o curso de inspetor de solda nível 1 não precisa atender a nenhum requisito.

Porém, isso não quer dizer muita coisa, uma vez que, para dar entrada no processo de qualificação, não tem para onde correr.

Ou seja, você tem que atender a todos os requisitos necessários para o nível de qualificação pretendido.

    Veja os requisitos necessários para qualificação de inspetor de solda clicando
    aqui

Curso de formação para nível 2

Já para o curso de complementação de nível 1 para nível 2, algumas escolas exigem que o profissional seja qualificado como nível 1 e outras exigem apenas o certificado de conclusão de curso de nível 1.

Além disso, algumas escolas indicam que os participantes possuam noções de inglês técnico para interpretação da norma.

O que, cá entre nós, não deixa claro do que o participante precisa, uma vez que não estabelece parâmetros de medição e nivelamento do idioma.

ONDE FAZER O CURSO DE INSPETOR DE SOLDA?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Onde Fazer o Curso de Inspetor de Solda

Como disse anteriormente, MUITO CUIDADO no momento de escolher em qual a escola irá fazer o curso de inspetor de soldagem.

A partir de julho de 2015, a norma NBR 14842 estabeleceu que os candidatos a inspetor de soldagem devem comprovar a realização do curso em instituição reconhecida pelo OPC.

Ou seja, é arriscado que, após tanto trabalho, dedicação e várias horas de estudo, seu curso não seja aceito pela FBTS.

    Para saber mais sobre OPC, clique 
    aqui

Direto na fonte

A FBTS, que é o órgão responsável pela certificação, também oferece os cursos de:

  • Inspetor de soldagem nível 1 – Presencial e semipresencial (EAD)
  • Complementação nível 2 – Presencial

IMPORTANTE: Vale ressaltar que, atualmente (04/2017), a FBTS é a única escola habilitada para ministrar o curso de complementação para nível 2.

O local pode variar, mas normalmente eles são ministrados no Rio de Janeiro. Veja o site. (Link verificado em 04/2017).

Outras opções

Além da própria FBTS, as instituições de treinamento reconhecidas são:
(atualizado em 04/2017)

  1. América Qualificações Técnicas LTDA, em parceria com TQI Cursos – site

Curso: Inspetor de Soldagem Nível 1

Local: São José dos Pinhais – PR.

  1. CETRE DO BRASIL EIRELI (unidade São Paulo) – site

Curso: Inspetor de Soldagem Nível 1

Local: São Paulo – SP.

  1. Escola Técnica Industrial Delta – site

Curso: Inspetor de Soldagem Nível 1

Local: Guarulhos – SP.

Ou você pode ver direto no site da FBTS clicando aqui (link verificado em 04/2017).

Bom, é isso. Sei que é muito pouco se formos parar para pensar, pois, além da FBTS, só existem três escolas reconhecidas, duas são em São Paulo e uma no Paraná.

Isso não é o suficiente para um país tão grande como o Brasil, além disso, fica muito dificultado o acesso à certificação para outras regiões do Brasil que já sofrem historicamente com a desvalorização da mão de obra. Mas, enfim, esta é a atual realidade.

QUANTO CUSTA O CURSO DE INSPETOR DE SOLDA?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Quanto Custa o Curso de Inspetor de Solda

Isso depende da escola, mas os valores aproximados (em 04/2017) são os seguintes:

Curso de inspetor de soldagem nível 1

A vista, de R$2.000,00 a R$2.400,00.

Parcelado em até 6 (seis) vezes, fica total de R$2.700,00 a R$3.300,00.

Curso de complementação nível 1 para nível 2

A vista, de R$2.000,00 a R$2.100,00.

Parcelado em até 3 (três) vezes, fica total de R$2.300,00 a R$2.400,00.

A princípio, não são valores tão altos, ainda mais se formos analisar a média salarial de inspetor de solda, como você pode ver neste outro artigo clicando aqui.

Mas não devemos esquecer que, além do custo do curso, temos, muitas vezes, principalmente para quem mora em cidades que não possuem o treinamento, os seguintes custos adicionais:

  • Deslocamento;
  • Custo de alojamento/hospedagem.

E ainda, se formos incluir aí todo o custo relacionado ao processo de certificação, deveremos incluir também:

  • Pagamento das taxas para certificação;
  • Exame oftalmológico para solicitação da prova;
  • Autenticação de documentos;
  • Manutenção de certificações em conselhos de classe como, por exemplo, o CREA;
  • Deslocamento para realização das provas;
  • Custo de alojamento/hospedagem para realização das provas;
  • Em caso de reprovação, novas taxas de reexame;
  • E, muitas vezes, retreinamentos para realização das provas.

Se colocarmos todos os custos na ponta do lápis, todo o processo pode chegar a valores em torno de R$ 15.000,00, que já é um investimento considerável.

Vale ainda ressaltar que não estou levando em conta todo o tempo que o processo demanda.

Você quer me ajudar ou desanimar?

Rs…. Não quero de maneira nenhuma desanimar ninguém, muito pelo contrário. O que pretendo aqui é passar o máximo de informação para que você consiga também a sua certificação.

Contudo, primo muito pela verdade, serenidade e transparência e, portanto, sinto-me na obrigação de não iludir ninguém com promessas mirabolantes.

Quero que você conheça tudo o que tem a fazer e que se programe, prepare e tenha sucesso no seu processo de certificação.

Para que não se repita o que já aconteceu com alguns amigos e conhecidos que entram pensando uma coisa e quando se deram conta era outra totalmente diferente.

Você sabia que cerca de 76% dos candidatos a inspetor de soldagem são reprovados e/ou abandonam suas certificações?

    Para ver isso e muito mais clique
    aqui

Portanto, esteja preparado, e programe-se, sobretudo financeiramente. Isso é muito importante, pois o custo pode variar muito dependendo de onde você mora.

Solicite orçamento de hotéis, pousadas e escolas de retreinamentos, para o caso de uma eventual reprovação. ESTEJA PREPARADO!!!

QUEM NÃO PRECISA FAZER O CURSO DE FORMAÇÃO?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Eu NÃO Vou Mais Fazer o Curso de Inspetor de Solda

Nem todos sabem, mas os cursos de formação, mais popularmente conhecidos como curso de inspetor de soldagem, NÃO são obrigatórios para quem possui:

  • Curso técnico de Soldagem; ou
  • Curso superior de Tecnologia em Soldagem; ou
  • Curso de Pós-Graduação lato sensu em Engenharia da Soldagem ou Mestrado ou Doutorado na área de soldagem.

Todos os outros candidatos (quem não tem nenhum dos cursos listados acima) DEVEM possuir o curso de formação de inspetor de soldagem.

O motivo é simples, pois a FBTS entende que esses cursos já cobrem o conteúdo que é passado no curso de formação de inspetor de soldagem.

Contudo, isso não é 100% verdade, pois a FBTS tem toda uma sistemática de avaliação de suas provas, e falo por experiência própria que esses conteúdos não são nem de longe abordados nos cursos de Tecnologia de Soldagem, tampouco na pós-graduação.

Com isso, quem tem realmente interesse em se qualificar como inspetor de soldagem, quase que obrigatoriamente, deve se submeter ao retreinamento especializado.

QUAIS SÃO AS PROVAS PARA INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEL 1?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Provas para Inspetor de Soldagem Nível 1

As provas para inspetor de soldagem nível 1 são as seguintes:

  • Teórica (TE);
  • Documentos Técnicos (DT);
  • Tratamento Térmico (TT);
  • Consumíveis 1 (CO);
  • Visual/Dimensional (VD);
  • Acompanhamento de Soldagem (As); e
  • Dureza (DU).

São disponibilizadas duas opções para realização do exame:

  1. Execução das provas em duas etapas, sendo aplicadas, na 1ª etapa, a prova Teórica e as provas práticas de Documentos Técnicos e de Tratamento Térmico e, na 2ª etapa, as provas práticas de Consumíveis 1, de Visual/ Dimensional, de Acompanhamento de Soldagem e de Dureza.
  2. Execução das provas todas de uma vez.

QUAIS SÃO AS PROVAS PARA INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEL 2?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Provas para Inspetor de Soldagem Nível 2

Quem deseja ser inspetor de soldagem Nível 2, deve estar certificado como Nível 1, solicitar prova com no mínimo 18 (dezoito) meses de antecedência antes ao vencimento da certificação atual e realizar as seguintes provas:

  • Teórica 2;
  • Macrografia;
  • Consumíveis 2;
  • Documentos Técnicos 2;
  • Qualificações;
  • Norma/Código.

As provas para Nível 2 normalmente são realizadas em dois dias seguidos, sendo um dia para realização da prova Teórica 2 e das provas práticas de Macrografia, de Consumíveis 2, de Documentos Técnicos 2 e de Qualificações 2.

No outro dia, temos a famosa prova de Normas/Códigos, uma das que mais causa reprovação, isso se não for a que mais causa reprovação.

Vale ressaltar que, apesar de todas as provas e questões serem em língua portuguesa, na prova de normas/códigos e de consumíveis 2, os materiais de consulta são em inglês.

Ou seja, as normas são em inglês e para responder as perguntas os candidatos precisam ter um conhecimento mínimo de leitura e interpretação em inglês.

Lembrando ainda que existem vários termos específicos da área de soldagem, muitos dos quais vocês podem consultar no nosso glossário da soldagem clicando aqui. 😉

Para a prova de normas, o candidato deve, no momento da sua inscrição, realizar a opção de para qual norma ele realizará o exame. As normas/códigos disponíveis são:

Relação de normas/códigos para qualificação do inspetor de soldagem nível 2

Norma/Código PrincipalNorma/Código para Qualificação de

procedimentos e soldadores

Norma/Código para Materiais
ASME B31.1ASME IXASME II Parte A e Parte B
ASME B31.3ASME IXASME II Parte A e Parte B
ASME B31.4ASME IX e API STD 1104API 5L e ISO 3183
ASME B31.8ASME IX e API STD 1104API 5L e ISO 3183
API 650ASME IXASME II Parte A e Parte B
ASME VIII Divisão 1ASME IXASME II Parte A e Parte B
ASME VIII Divisão 2ASME IXASME II Parte A e Parte B
AWS D1.1AWS D1.1ASTM Seção 1
DNV-OS-F101DNV-OS-F101 e API STD 1104API 5L e ISO 3183

FIZ MINHAS PROVAS E FUI REPROVADO. E AGORA?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Fiz Minhas Provas e Fui Reprovado

Calma…  Não tem problema. Muitos de nós inspetores já passamos por isso, inclusive este aqui que vos fala. L

O candidato tem direito a dois reexames nas provas em que foi reprovado. Caso reprove novamente, terá automaticamente que realizar o processo do início.

Mas atenção, o prazo máximo para execução e aprovação em todas as provas é de 18 meses, a contar da data da primeira prova. Cá entre nós, é bastante tempo para realização das provas.

Antigamente podia até não ser tanto assim, porque algumas provas demoravam anos para ser agendadas. Digo isso por experiência própria, pois foram 18 meses de espera a contar da data em que enviei todos os documentos até o dia em que realizei a primeira prova.

Mas hoje em dia, felizmente, os relatos de alunos apontam que o tempo médio de espera está em torno de três meses.

Lista de Verificação (LV)

Já ouviu falar de Lista de Verificação (LV)? Eu espero do fundo do coração que não, pois, caso tenha, existe uma grande possibilidade de você ter sido reprovado em uma das provas, é isso mesmo, uma vez que a lista de verificação é um documento que é emitido somente quando o candidato é reprovado.

Na lista de verificação, são informados quais foram os itens avaliados na prova e quais foram os não satisfatórios, os parcialmente satisfatórios e os satisfatórios.

Dê uma olhada nos exemplos de Lista de Verificação que preparamos para você conhecer:

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Lista de Verificação
  • Para baixar a lista de verificação de inspetor de solda nível 1, clique
    AQUI
  • Para baixar a lista de verificação de inspetor de solda nível 2, clique
    AQUI
  • Para a lista de verificação de inspetor por rota alternativa, clique
    AQUI

Quem não conhece o ditado popular “notícia ruim chega rápido?

Pois é… Se você não tiver notícias rápidas após realizar sua prova, não fique preocupado, isso é um bom sinal!

E com você como foi??? Compartilhe sua experiência, fique à vontade e deixe um comentário lá embaixo.

ONDE POSSO FAZER A PROVA DE INSPETOR DE SOLDA?

Curso de Inspetor de Solda: Imagem Locais de Prova de Inspetor de Solda

Infelizmente, quem não se encontra nos grandes centros enfrenta algumas dificuldades de acesso aos locais de prova disponíveis.

A FBTS/SNQC disponibiliza hoje somente cinco centros de aplicação das provas, entre os quais quatro estão localizados na Região Sudeste e 1 (um), na Região Sul.

Os centros disponíveis para aplicação de provas são descritos a seguir.

CEQUAL/FBTS

Local: Rio de Janeiro – RJ (Praça da Bandeira, 291 – praça da bandeira – Rio de janeiro- RJ).

Provas aplicadas:

  • Exame de Qualificação de Nível 1

CEQUAL/INSTITUTO SENAI TECNOLOGIA DE SOLDA

Local: Rio de Janeiro – RJ (Rua São Francisco Xavier, 601 – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ).

Provas aplicadas:

  • Exame de Qualificação de Nível 1
  • Exame de Qualificação Complementação de Nível 1 para Nível 2
  • Exame de Qualificação de Nível 2 por Rota Alternativa;
  • Normas disponíveis:
    • AWS D1.1
    • ASME B31.3

CEQUAL/SENAI-ACR

Local: Contagem – MG (Av. Sócrates Mariane Bitencourt, 711 – CINCO – Contagem – MG).

Provas aplicadas:

  • Exame de Qualificação de Nível 1

CEQUAL/SENAI-RS

Local: Canoas – RS (Rua das Hortências, 400 – Igara – Canoas – RS).

Provas aplicadas:

  • Exame de Qualificação de Nível 1

CEQUAL/SEQUI-PB

Local: São José dos Campos – SP (Rod. Pres. Dutra km, 143 – São José dos Campos – SP).

Provas aplicadas:

  • Exame de Qualificação Complementação de Nível 1 para Nível 2;
  • Exame de Qualificação de Nível 2 por Rota Alternativa;
  • Normas disponíveis:
    • ASME B31.1
    • ASME B31.3
    • ASME B31.4
    • ASME B31.8
    • API 650
    • ASME VIII Divisão 1
    • ASME VIII Divisão 2
    • AWS D1.1
    • DNV-OS-F101

ARREMATE

Para finalizar este artigo, quero compartilhar um pensamento do famoso de Thomas Edson, que disse:

Talento é: 1% de inspiração e 99% de transpiração.

Por isso, tenha em mente que nenhum curso, por melhor que seja, é garantia de sucesso, pois o sucesso está muito mais ligado ao esforço, muitas horas de trabalho e dedicação.

Ah… mais uma coisa antes de terminar

Eu adoraria saber a sua opinião sobre o artigo!

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou, alguma dica extra que você deseja compartilhar conosco ou até mesmo alguma crítica sobre este texto.

 Sobre o Autor

Foto Leandro Ferreira Post

Leandro Ferreira

É responsável pelo Blog da Soldagem e compartilha com você mais de 10 anos de conhecimentos e experiências adquiridas como Professor de Soldagem e afins, Inspetor de Soldagem Nível 2, Tecnólogo de Soldagem e Técnico em Metalurgia.

2017-07-27T21:20:10+00:00maio 16th, 2017|Inspeção de Solda|3 Comments