FUNDAMENTOS DE ARCO ELÉTRICO DE SOLDA

Um arco elétrico de Solda é o elemento básico dos processos de soldagem, sendo que os mais comuns são a Soldagem Oxigás e Soldagem ao arco elétrico.

A soldagem a arco elétrico é uma técnica de fabricação, através da qual os metais são unidos de forma permanente. O metal a ser soldado é fixado no grampo de aterramento. Um eletrodo é preso no (porta) eletrodo. Uma ‘corrente’ adequada é selecionada, girando o volante seletor de corrente. Quando o eletrodo entra em contato com o metal, um “arco elétrico” é formado, criando um calor imenso.

O “soldador” deve então manter um pequeno espaço entre o eletrodo e o metal (a corrente continua a fluir através do espaço, criando as altas temperaturas). Neste ponto, tanto o eletrodo quanto a superfície do metal fundem-se e fundem-se, criando uma junta soldada. Isso parece um processo fácil, mas leva instrução profissional e horas de prática para a técnica.

O eletrodo deve ter aproximadamente o mesmo diâmetro do metal a ser soldado. A corrente é selecionada de acordo com uma tabela de configurações recomendadas, sendo normalmente impressa na parte superior ou lateral da unidade de soldagem.

CORRENTE ELÉTRICA

arco elétrico de solda
Arco Elétrico De solda
(Clique para ampliar a imagem)

Toda matéria do universo é formada por átomos e todos esses átomos possuem elétrons que são partículas negativas que giram ao redor de um núcleo, bom a corrente elétrica se forma quando temos um movimento ordenado destes elétrons, esse movimento pode se dar sempre no mesmo sentido. É o que chamamos de corrente elétrica.

Esse movimento pode ocorrer em sentido oposto e ser alternado o que chamamos de corrente alternada que é o tipo de corrente que recebemos em nossas casas através das linhas de transmissão de energia elétrica.

ELETRODO REVESTIDO

arco elétrico de solda
Arco Elétrico De solda
(Clique para ampliar a imagem)

Na soldagem a arco elétrico, o eletrodo revestido é fundamental e um dos processos mais simples e utilizados por soldadores em início de carreira.

É bom lembrar que o eletrodo corresponde ao polo positivo enquanto metal de base corresponde ao polo negativo. O fato do contato entre a alma do eletrodo e a peça a ser soldada, é suficiente para fazer a abertura do arco elétrico.

FORMAÇÃO DO ARCO ELÉTRICO DE SOLDA

arco elétrico de solda
Arco Elétrico De solda
(Clique para ampliar a imagem)

Na aplicação do arco elétrico de solda, temos a carga positiva representada pelo eletrodo revestido e abaixo a carga negativa representada pelo metal de base.

Quando aproximamos um com o outro, os elétrons acelerados se chocam com átomos e moléculas, esse choque e a alta temperatura da área soldada ionizam o gás existente na coluna do arco, deixando eletricamente carregado, assim está aberto o arco elétrico, que gera calor suficiente para fundir o metal de base e o eletrodo criando a poça de fusão.

PROCESSOS DE ARCO ELÉTRICO DE SOLDA

arco elétrico de solda
Arco Elétrico De solda
(Clique para ampliar a imagem)

Os principais processos que envolvem arco elétrico de solda, são:

  • Eletrodo revestido: O Processo de Soldagem com Eletrodo Revestido é um dos mais usados do mundo, devido á sua versatilidade e acessibilidade para Soldadores em início de carreira ou em estágio mais avançado. Confira mais sobre este procedimento clicando aqui.
  • TIG: é o processo de soldagem a arco usando eletrodos não consumíveis de tungstênio ou liga de tungstênio sob a proteção de gás de um gás inerte ou mistura de gás inerte. Aditivos (também chamados de varetas, veja abaixo) podem ou não ser usados. Veja mais sobre TIG em clicando aqui.
  • MIG:  O processo de soldagem utilizando um gás de proteção é chamado de MIG, quando a proteção utilizada consiste em um gás inerte, ou seja, geralmente um gás monoatômico como argônio ou hélio, e não possui atividade física com a poça de fusão. O processo foi originalmente usado para soldagem de alumínio, e o termo MIG ainda é uma referência ao processo.
  • MAG: Quando a blindagem gasosa é realizada com o chamado gás reativo, um gás que interage com a poça fundida (geralmente CO2), o processo é chamado de MAG.
  • Arco Submerso: A soldagem a Arco Submerso é um processo de soldagem muito utilizado na indústria, principalmente quando se precisa de grande produtividade e boa uniformidade do cordão de solda. Clique aqui e veja mais sobre Soldagem a arco submerso. Confira nosso artigo sobre Arco Submerso clicando aqui.
  • Plasma: A soldagem a arco de plasma (PAW) é um processo de soldagem a arco que promove a união de metais pelo calor gerado pelo arco de plasma, que é aberto entre um eletrodo não consumível e a poça de fusão.

SEGURANÇA EM ARCO ELÉTRICO DE SOLDA

arco elétrico de solda
Arco Elétrico De solda
(Clique para ampliar a imagem)

É sempre fundamental lembrar dos (EPI)’s (Equipamento de proteção Individual) apara executar a atividade que envolva arco elétrico de solda, itens fabricados com materiais leves com isolantes que protegem a pele de queimaduras e a visão de raios laser, prevenindo assim problemas de saúde devido á exposição á, materiais nocivos.

EPI’s recomendados para trabalhar com Arco Elétrico de Solda

  • Capacete de Solda: Viseira protetora de soldagem adequada, para proteger da luz UV do arco, manoplas de soldagem, avental de proteção e luvas / manoplas.
  • Avental
  • Luva de raspa
  • Perneira
  • Botina

É recomendável que o ambiente de soldagem contenha Cortinas que devem ser instaladas ao redor da área de soldagem, para proteger as pessoas que trabalham no espaço circundante, dos efeitos da luz UV do arco.

VOCÊ ESTÁ PRECISANDO DE SUPORTE PARA ARCO ELÉTRICO DE SOLDA?

Portanto, se você tem interesse em Arco Elétrico de Solda, ou precisa apenas de um orçamento para um determinado projeto, estamos aqui para ajudar.

ENTRE EM CONTATO!

Entre em contato para saber mais sobre nossos serviços.

Escolha o meio de contato que for melhor para você!

QUER CONTINUAR INFORMADO?

Gostaria de ficar por dentro de todas as novidades que pulicamos em nosso site?

Faça sua inscrição e receba nossos e-mails com conteúdos de qualidade sobre inspeção, qualificação, consultoria, engenharia e treinamento de soldagem.

CONHEÇA O GLOSSÁRIO DA SOLDAGEM

REGIÕES DE ATENDIMENTO INSPESOLDA

A Inspesolda atende em todo o território nacional. Entretanto, com sede em Osasco, a Inspesolda tem o foco de atuação no estado de São Paulo.

REGIÕES DE SÃO PAULO ONDE A INSPESOLDA ATENDE:

Grande São Paulo

  • ABC
  • ABCD
  • Alphaville
  • Arujá
  • Barueri
  • Caierias
  • Cajamar
  • Cotia
  • Diadema
  • Embu
  • Embu das Artes
  • Embu Guaçú
  • Franco da Rocha
  • Guarulhos
  • Itapecerica da Serra
  • Itapevi
  • Jandira
  • Mairiporã
  • Mauá
  • Osasco
  • Ribeirão Pires
  • Santana de Parnaíba
  • Santo André
  • São Bernardo do Campo
  • São Caetano do sul
  • Suzano
  • Taboão da Serra

Litoral de São Paulo

  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Iguape
  • Ilha Comprida
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Peruíbe
  • Praia Grande
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Sebastião
  • São Vicente
  • Ubatuba

Região Central

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque

Zona Leste

  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente

Zona Norte

  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane
  • Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • TucuruviVila
  • Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros

Zona Oeste

  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia

Zona Sul

  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M’Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana

ENCONTRE ARTIGOS

CATEGORIAS DE ARTIGOS

TOP 5 ARTIGOS

1- Inspetor de Solda: O Guia Absolutamente Completo!

2 – Símbolos Básicos de Soldagem

3 – Tipos de Inspeção de Soldagem: Tudo que Você Precisa Saber

4 – A Verdade Sobre Qualificação de Soldadores AWS D1.1

5 – NR-18 Progresso Importante na Segurança Preventiva

ARTIGOS RECENTES

  • Análise De Trinca Na Solda

    COMO REALIZAR UMA ANÁLISE DE TRINCA NA SOLDA E GARANTIR A INTEGRIDADE DAS ESTRUTURAS Na

  • O Que Significa Mig

    DESCOBRINDO O QUE SIGNIFICA MIG: TUDO SOBRE A SOLDAGEM MIG Mergulhar no mundo da soldagem

  • Radiografia Industrial

    RADIOGRAFIA INDUSTRIAL: O GUIA DEFINITIVO PARA INICIANTES A radiografia industrial emerge como uma ferramenta inestimável

  • Laudo de Ultrassom

    A IMPORTÂNCIA DO LAUDO DE ULTRASSOM EM INSPEÇÕES NÃO DESTRUTIVAS LAUDO DE ULTRASSOM Você já

  • Junta Sobreposta

    A IMPORTÂNCIA DA JUNTA SOBREPOSTA EM APLICAÇÕES INDUSTRIAIS JUNTA SOBREPOSTA Você já parou para pensar

Compartilhe!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em sua rede social preferida.

Os arquivos nesta página são protegidos por direitos autorais. Sem a autorização do autor, é proibido copiar todo ou parte de seu conteúdo, ou mesmo citar nossos links. Artigo 184 da Lei Penal, Declaração de 98-Art 9.610 como violação dos direitos de propriedade intelectual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

All in one
Fale conosco
Rolar para cima